Criança brinca com experimento científico (Foto: Filipe Pereira)
Na Seara da Ciência, os visitantes podem realizar experimentos (Foto: Filipe Moreira/Conhecendo a Extensão)
Sociedade e Cultura

Projeto realiza visitas quinzenais a ações de extensão da UFC

Projeto leva a comunidade a conhecer várias ações de extensão, como borboletário, orquidário e museu de experimentos científicos

Por Marília Torres

Do Blog Divulgando a Extensão

Quantos projetos de extensão você conhece? Já imaginou visitar um local que trabalha com cobras ou com borboletas? Já pensou em fazer uma trilha pelo rio Pacoti? Ou conhecer alunos que constroem aeronaves não tripuladas? Esses são apenas alguns exemplos para demonstrar o leque de áreas em que a extensão atua.

Neste ano de 2017, professores, técnicos e alunos da Universidade Federal do Ceará estão envolvidos em cerca de 920 ações de extensão, entre projetos, programas, cursos, eventos e prestações de serviço. Para a ampliação do conhecimento sobre esse trabalho, foi criado o projeto Conhecendo a Extensão.

Grupo em área de mangue (Foto: Mozart Lucena/Conhecendo a Extensão)

No Projeto Mangue Vivo, os visitantes aprendem a realidade dos manguezais (Foto: Mozart Lucena/Conhecendo a Extensão)

Grupo de visitantes observa obras de arte no MAUC (Foto: Rochelly Alexandre/Conhecendo a Extensão)

Comunidade pode fazer visitas guiadas ao Museu de Arte da UFC (MAUC) (Foto: Rochelly Alexandre/Conhecendo a Extensão)

Coordenada pela professora Márcia Machado, pró-reitora de Extensão da UFC, a atividade teve início em 2014, com o intuito de aproximar as ações com a sociedade. “Ao visitar os projetos de extensão e conversar com os coordenadores, percebi que muitos (quase a maioria) não conheciam os projetos existentes na UFC nem equipamentos clássicos, como o Museu, a Seara, a Reitoria etc. Pensamos: por que não criar oportunidades para tornar esses equipamentos e projetos mais visíveis, mais conhecidos, mais visitados?”, explica a pró-reitora.

As visitas acontecem quinzenalmente, nos meses de abril, maio, junho, agosto, setembro, outubro e novembro. Qualquer pessoa pode participar, mesmo que não tenha ligação com a Universidade. Crianças também podem fazer parte dos grupos, desde que acompanhadas por responsáveis.

Geralmente, são 65 vagas por visita, 40 delas contam com transporte para o local, saindo do estacionamento do Museu de Arte da UFC, no Benfica. Quando os visitantes chegam ao projeto ou programa, o coordenador da ação e outros integrantes explicam os objetivos e as atividades desenvolvidas, além de tirar dúvidas.

Plantas no orquidário, com visitantes ao fundo (Foto: Filipe Pereira/Conhecendo a Extensão)

Na UFC, é possível conhecer um dos maiores orquidários das universidades brasileiras (Foto: Filipe Pereira/Conhecendo a Extensão)

Crianças conhecem laboratório de brinquedos e jogos (Foto: Projeto Conhecendo a Extensão)

O Centro de Estudos sobre Ludicidade e Lazer possui um laboratório sobre brinquedos e jogos (Foto: Projeto Conhecendo a Extensão)

O projeto conta com o auxílio do servidor César Pontes, responsável pela realização das visitas. Ele ressalta o crescimento da ação ao longos dos anos e sua importância para a sociedade.

“O projeto a cada dia vem crescendo e se consolidando como marco de abertura dos muros da Universidade e de familiarização da comunidade externa com o ambiente acadêmico, de forma lúdica, curiosa e rica”, diz o servidor. Ele ressalta a interação mesmo entre os alunos dos diversos cursos da graduação e professores, sem contar alunos do ensino médio e todos os demais participante.

Visitante segura quadro com espécimes de borboletas (Foto: Acervo Conhecendo a Extensão)

No Borboletário da UFC é possível conhecer diversas espécies (Foto: Acervo Conhecendo a Extensão)

Segundo a professora Márcia Machado, o projeto traz um grande retorno aos visitantes, acrescentando muito a sua vida pessoal e profissional. “Quando o membro da UFC visita um desses projetos e leva seus familiares depois, passa a ter orgulho de compartilhar o que a instituição onde ele passa grande parte do seu tempo faz. Isso vai gerando um clima de pertencimento, compartilhamento, valorização dos nossos espaços. Esse é o papel que eu acho essencial no Conhecendo a Extensão da UFC”, destaca ela.

Aline Viana, servidora da UFC, participou de duas visitas do Conhecendo, uma ao Museu de Arte Contemporânea da UFC e outra ao Aeromec. Ela conta que ficou sabendo da ação por colegas de trabalho e se interessou em participar pela oportunidade de conhecer projetos.

“Sou uma grande entusiasta do papel da ciência e da universidade na sociedade, então, enchem-me os olhos os projetos que ampliam a visão de quem participa deles para além dos muros da academia. As ações que visitei são de áreas distintas e ambos satisfizeram esse meu entusiasmo. Ressalto que, de fato, dispomos de pouco investimento e recursos, mas ver o empenho dos estudantes é uma grande motivação”, afirma.

COMO PARTICIPAR?

Podem participar das visitas quaisquer interessados em conhecer os projetos de extensão da UFC. As inscrições são feitas através do preenchimento de um formulário on-line. Todas as informações sobre a visita e o formulário de participação são divulgados através da página do projeto no Facebook.

SERVIÇO

Facebook: https://www.facebook.com/conhecendoaufc

E-mail: conhecendoaufc@gmail.com

Telefone: (85) 33667463