Estudante, poeta e professor em sala de aula, sentados e conversando (Foto: Divulgação/Cipó)
No primeiro encontro, o poeta Diego Vinhas, autor de "Nenhum nome onde morar", falou sobre o fazer poético nos tempos atuais (Foto: Divulgação/Cipó)
Sociedade e Cultura

Uma ciência poética dentro da Universidade

O projeto Conversando com Poetas, do Instituto de Cultura e Arte, traz diálogos com artistas do Ceará para poetizar o espaço acadêmico

Estesia. A palavra, antônima de “anestesia”, significa a nossa capacidade de sentir e está quase esquecida no dia a dia acadêmico, no qual o pensamento prático e científico é, de modo geral, a regra. Para tornar possível a estesia na Universidade, nasceu o Conversando com Poetas, uma promoção da Varanda de Ciência Poética (Cipó), do Núcleo de Integração Somaestética (NISE).

Iniciado neste ano, o projeto proporciona, semanalmente, o diálogo com um poeta residente no Ceará, criando um espaço na UFC para que ele possa falar sobre a própria atividade artística e sobre as contribuições da poesia para o século XXI. Abertos a todo o público, os encontros também trazem a leitura de trabalhos escolhidos pelos próprios convidados.

Com isso, o coordenador das atividades, Prof. Cavalcante Júnior, do Instituto de Cultura e Arte (ICA), espera trazer à Academia uma dimensão estética distante do ser humano do século XXI, considerado por ele como um século automatizado e, portanto, anestesiado, diferentemente do que ocorreria em tempos anteriores com uma chamada “ciência poética”.

“A primeira forma de apreensão do mundo em nós, humanos, é a apreensão sensível”, lembra Cavalcante, argumentando que o entendimento do mundo por meio do intelecto, por outro lado, vem apenas posteriormente. “Apreendemos primeiro pela visão, pelo olfato, pelo paladar. Primeiros nós comemos e cheiramos o mundo”, afirma.

ENCONTROS

De agosto até dezembro, o Conversando com Poetas já tem diálogos agendados, sempre no ICA, no Campus do Pici. A expectativa dos realizadores do projeto, que também conta com bolsistas de extensão, é tornar o ICA um espaço acessível de cultura e arte não só para a Universidade, mas para toda a capital cearense.

O projeto recebe nesta quinta-feira (31), o poeta Pablo Pessoa. Na sequência, estão previstos Alan Mendonça (14 de setembro), Carla Castro (21 de setembro), Raul Ávila (28 de setembro), Mikaelly Andrade (5 de outubro), Nina Rizzi (19 de outubro), Uirá dos Reis (26 de outubro), Fernanda Meireles (16 de novembro), Talles Azigon (23 de novembro), Ayla Andrade (30 de novembro) e Anna K. Lima (7 de dezembro). Os encontros são realizados sempre às 15 horas, na sala CS 204, do ICA.

Nos Encontros Universitários deste ano na UFC, haverá uma edição especial, com o poeta Fabiano Calixto, autor do livro Música Possível. A conversa ocorre no dia 9 de novembro, no auditório da Biblioteca Central da UFC (Campus do Pici)

Fonte: Prof. Francisco Silva Cavalcante Júnior, projeto Conversando com Poetas – e-mail: fscavalcantejunior@gmail.com